"Só" de António Nobre

jueves 30 marzo 2017


  
“Só” é a principal obra do poeta português António Nobre (1867 – 1900). Publicado em Paris, em 1892 e posteriormente em Portugal a obra insere-se nas correntes decandentistas e saudosistas, marcada pela lamentação e nostalgia, suavizada pela auto-ironia.

“Mas tende cautela, não vos faça mal...

Que é o livro mais triste que há em Portugal!”

   Valoração:
      

  



 
Outras obras de António Nobre:

   - “Despedidas”;

   - “Primeros versos”;

   - “Cartas e Bilhetes Postais a Justino Montalvão”;

    - “Correspondência”.




www.facebook.com/huellasdemicha/






Enviar un comentario

nombre:
correo electrónico:
url:
Su comentario:

sintaxis html: deshabilitado